31 de jul de 2015

Resenha: VANGO – Entre o Céu e a Terra


VANGO – Entre o Céu e a Terra
Autor: Timothée de Fombelle
Editora: Melhoramentos
360 Páginas

Vango e sua babá Mademoiselle sobreviveram a um suposto naufrágio, em uma ilha na costa da Itália. Eles passam a viver nesta ilha que fazia parte de um conjunto chamando Ilhas Eólias, entre elas a ilha de Arkudah que era uma espécie de mosteiro “invisível” onde pessoas perseguidas se escondiam. Vango passou toda sua infância e adolescência nessas ilhas sem saber nada a respeito de sua origem.

O livro começa assim que Vango está prestes a se tornar padre em uma catedral em Paris, a cerimônia é parada pela polícia e por um assassino que acerta um tiro no garoto. Vango era acusado pela morte de um padre e sem saída precisa fugir. Ele precisa provar sua inocência, mas também descobrir sua origem, dando início a uma aventura perigosa e cheia de reviravoltas a respeito do passado de Vango.

“Pequenos milagres poderiam acompanhar várias desgraças. Era isso o que Vango sempre pensara. Bastava ter confiança.” Pág 30


Entre os diversos personagens do livro estão Hugo Eckener que ajudou Vango a fugir da Itália no dirigível Graf Zeppelin. Ethel, uma jovem escocesa órfã que vive com o irmão e é apaixonada por Vango desde que o conheceu e também foi a única a ver o atirador que tentou matar Vango. O delegado Boulard que estava encarregado de resolver o caso e encontrar Vango. E o padre Zéfiro que se escondia na Ilha de Arkudah, mas se viu obrigado a ajudar Vango a provar sua inocência.

“Existem pessoas neste mundo que nunca saberemos de onde vêm nem para onde vão.” Pág 103


Com a ajuda dos amigos e de Ethel, Vango começa a descobrir sua origem e a entender o que existe por trás da sua perseguição. 


A história do livro se passa em uma época complicada da história da Alemanha, França e Itália que foi quando a Europa era dominada pelo Totalitarismo e a sensibilidade do autor de intercalar a história real, a fictícia e os personagens que (alguns) eram reais também é admirável e muito interessante.

A princípio o livro pode parecer um pouco confuso, mas a construção dos personagens que foi muito bem feita vai esclarecendo aos poucos eventuais dúvidas que o leitor pode ter em relação a história.

Destaco a ótima edição que o livro trouxe. As folhas amarelas e as letras com uma cor diferente dos livros que estamos acostumados a ler facilitou muito a leitura, o livro também traz diversas imagens, rodapés explicando nomes e lugares e para completar fotos maravilhosas do período que é retratado na história, assim como um pequeno resumo dos personagens reais que fizeram parte do livro.

Estou bem ansioso para a continuação!

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Image Map
TECNOLOGIA BLOGGER - DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO HEART IDEAS