24 de ago de 2015

Não é sobre apologia, é sobre autoestima

Fonte: http://hantisedeloubli.tumblr.com/

Quando eu decidi que falar sobre estilo para pessoas gordas fosse uma das categorias do Tem Meu Tamanho eu não previ que algumas pessoas não entendessem o que estou querendo dizer e fazer com esse assunto. Meu último post relacionado a isso foi o que eu indiquei lojas online de roupas plus size para homens e recebi uma “crítica” por estar de certa forma apoiando pessoas gordas.

Vivemos em um país extremamente preconceituoso em todos os sentidos possíveis. Se você não está de acordo com o perfil eurocêntrico, automaticamente você se torna um excluído por ser quem você é. E as pessoas gordas e obesas fazem parte da turma dos excluídos, afinal não existe representatividade em nenhum setor da sociedade, quando gordo aparece na TV ou é pra fazer piada de si mesmo ou é sendo a vítima de piadas alheias, tome por exemplo o apresentador Faustão ou algum dos personagens idiotas do “humorístico” Zorra Total.  

Falar sobre isso se torna extremamente importante para que as pessoas gordas não se sintam culpadas por não poderem fazer parte da sociedade, a culpa não é nossa e sim da super valorização do corpo escultural que na maioria das vezes só é visto em comercial de cerveja e capas de revistas.

E quanto ao argumento: “Ah, mas eu estou preocupado é com a sua saúde!!!!”

As pessoas tem o péssimo hábito de associar gordos a doenças. É claro que gordos estão sujeitos a ter mais doenças, mas isso não é especificamente uma regra. A saúde sempre deve vir em primeiro lugar, seja você gordo ou magro. Se a sua preocupação é a minha saúde, comece cuidado da sua parando de fumar, de tomar refrigerante, ir no MC Donalds e praticando exercícios físicos. Tá vendo? Não é fácil!

Não é apologia! Não estou dizendo que ser gordo é legal, muito pelo contrário, só quem é gordo sabe o que é sofrer desde a infância com apelidos na escola até a vida adulta em um mundo construído apenas para magros. 

Por isso ter autoestima é muito importante, muitas vezes as pessoas se isolam e acabam desenvolvendo transtornos alimentares justamente por essa pressão que todo mundo exerce sobre o peso alheio.


Autoestima para comprar roupas do seu tamanho, para ir a academia sem sentir vergonha, sair para dançar, para viajar e principalmente para viver. 

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Adorei a imagem, estou com vontade de ter um cabelo colorido, só que por agora não vai dar.
    Meu tema do TCC acho que você gostaria, será A auto representação da mulher negra através da escrita feminina, está em fase inicial, pretendo discutir sobre como as mulheres negras não conseguem sentir-se representada pela literatura onde nós negros sempre somos apresentados como animais, e em especial as mulheres lascivas, partindo deste irreconhecimento elas se afirmam por uma literatura de sua autoria e como querem sentir-se.


    Voltando ao tema do seu post, muitas vezes ser gordo não é uma questão só de saúde, e sim de biotipo, e existe todo um discurso da mídia em padrões de beleza que encontra na medicina apoio para associar que devemos ser magros por questões de saúde. E o que dizer da bulimia e anorexia advinda destes discursos. Eu acho que ser magro é bonito sim e a pessoa devem trabalhar para isso dentro de suas possibilidades sem cometer excesso.

    Adoro seu blog e seus post, e seu objetivo de fazer um levante de autoestima, não se importe com comentáros maldosos tem espirito de porco em todo lugar.

    http://www.wondermarcelo.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei o tema do seu TCC Marcelo! É muito bom contribuir para que esse assunto seja abordado. Na minha próxima faculdade que será de Publicidade também quero um TCC que se relacione a falta de negros na TV e o papel associado a eles quando aparecem. Ainda não defini direito, mas quero algo assim.
      E em relação ao meu texto é bem isso que penso. Infelizmente as pessoas reclamam de tudo e não por interesse na nossa saúde, mas sim pelo preconceito e esteriótipo.
      Obrigado pela contribuição :D

      Excluir
  2. Olá Alef!!
    Sim, as pessoas não conseguem entender na maioria das vezes que, é o biotipo.

    Na minha criança passei por situação inversa, era muito magra, meu peso era inferior a das crianças de mesma de mesma idade, e ouvia aqueles apelidos desagradáveis.

    Não importa como você, caso não esteja de acordo com os padrões, você sempre será ridicularizado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é fato Deise! Infelizmente a sociedade é assim e precisamos ser muito fortes e termos consciência de quem somos para que esse tipo de coisa não nos afete.

      Excluir
  3. Preciso dizer que adorei o teu blog. Extremamente triste que algumas pessoas não entendam ou se achem superiores a ponto de entenderem toda a aceitação que está rolando. Apoio a ser você mesmo? Pois então que seja, não há nenhuma vergonha nisso.

    www.faltouacucar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Carla! Exatamente isso.
      Obrigado por comentar, adoro seu blog!

      Excluir
  4. Ótimo texto Alef e muito bem colocado por sinal. Quanto as criticas recebidas pense assim, o prego que mais se destaca é o que mais leva marteladas. Sua iniciativa é ótima e também acho que independente de peso, altura, cor, escolha sexual, posição financeira o importante é sempre, SEMPRE se amar. Auto estima é tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Thales! Obrigado pelo comentário :D

      Excluir

Image Map
TECNOLOGIA BLOGGER - DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO HEART IDEAS