23 de mai de 2016

A nova geração de cantores brasileiros



Nos últimos anos o cenário musical brasileiro vem mudando muito, na década passada vários cantores e bandas de diversos estilos musicais e diversas regiões do país estouraram e ficaram conhecidos em todo território. Já passamos por várias fases como quando o axé estava no auge e grupos como “É o Tchan”, “Banda Eva”, “Babado Novo” e “Asa de Águia tocavam em todas as rádios do país e dominavam a música. Também passamos pelas bandas de rock que tinha como representantes “Detonautas”, “CPM 22” e “Capital Inicial”, a música POP que tem cantoras como “Sandy” e “Wanessa Camargo” e por último o sertanejo que criou um novo segmento chamado de sertanejo universitário que deu muito certo e revelou cantores como “Luan Santana”, “Gusttavo Lima”, “Jorge e Mateus” e mais dezenas de duplas que aparecem todos os dias.

Mas uma nova turma de cantores tem ganhado cada vez mais destaque no cenário musical, eles não são propriamente de um estilo musical especifico, mas suas músicas de certa forma conversam entre si. A geração tombamento que canta o orgulho de ser quem se é, a que fala de sentimentos, e a que aborda sexualidade e gênero estão conquistando cada vez mais fãs e tem tudo para comandar o cenário nacional nos próximos anos: 


Karol Conká

A rapper, cantora e compositora Karoline de Freitas Oliveira nasceu em Curitiba, mas já conquistou o Brasil todo e também algumas outras partes do mundo. Carol Conká começou sua carreira na escola participando de concursos, mais tarde colocando suas músicas na internet e ganhando reconhecimento. Antes mesmo de lançar seu primeiro CD intitulado “Batuk Freak”, Karol já fazia sucesso com seus clipes no youtube. Em 2011 a cantora foi indicada na categoria “Aposta” pela MTV e logo depois emendou participações em shows de diversos cantores consagrados nacionalmente. Em 2013 ganhou na categoria “Revelação” do prêmio MultiShow e em 2014 Karol  literalmente alçou voos mais altos ao se apresentar fora do país, a cantora fez turnês pela Europa e Tóquio! No mesmo ano, Conká lançou seu single de maior sucesso intitulado “Tombei” que garantiu a cantora mais um prêmio do MultiShow em 2015 na categoria “Nova Canção”, além de uma turnê pela Austrália. Recentemente Karol lançou sua nova música de trabalho chamada “É o Poder”, saiu de turnê para a Europa e planeja seu próximo CD. Karol Conká é uma das maiores apostas musicais do Brasil de acordo com sites especializados e não temos dúvida nenhuma de que o futuro da cantora é “tombante”!


Liniker

Liniker de Barros Ferreira Campos, nasceu em 1995 em Araraquara e hoje está em turnê com seu grupo “Caramelows”. Nascido em uma família de músicos, Liniker possui esse nome graças a um jogador inglês, mas ele seguiu por outro caminho. Em 2014 Liniker começou a fazer teatro e isso fez com que seu talento como cantor também se sobressaísse, ele diz que sempre teve certo receio de cantar já que sua família é de músicos e isso o intimidava. Mas em Outubro de 2015, Liniker lançou seu primeiro EP intitulado “Cru” e em menos de uma semana seu vídeo postado no youtube já somava mais de um milhão de visualizações. Seu estilo musical é o black music ou a MPB (música preta brasileira, como ele mesmo diz). Junto a suas músicas Liniker também apresenta uma postura política em relação a si mesmo, ele transita entre os gêneros e isso reflete muito no que ele acredita e quer passar para as pessoas. Em uma entrevista o cantor declarou: “Preciso mostrar para as pessoas o que estou passando. Este é o Liniker, um cara que pode usar batom, turbante e cantar.” Depois de lançar músicas como “Caeu”, “Zero” e “Luise Du Brésil” Liniker prepara seu primeiro CD.


SILVA

Lúcio Silva de Souza, conhecido por SILVA, nasceu em 1988 em Vitória. O cantor é formado em violino clássico e já passou por grupos gospeis. Silva ficou conhecido depois de lançar seu primeiro CD intitulado “Claridão” em 2012. Em 2014 lançou seu segundo CD “Vista Pro Mar” que teve Fernanda Takai participando da faixa “Okinawa” e em Novembro de 2015 Silva lançou seu terceiro CD chamado “Júpiter”.
As músicas que Silva compõe e canta misturam MPB, indie e POP, sempre falando de amor o cantor mostra desde seu primeiro trabalho diferentes formas de expressar o que sente, se antes suas letras tinham um tom mais contemplativo, agora já maduro, mais confiante e no terceiro disco de carreira, Silva já é direto nos seus versos. Seu último single é a música “Feliz e Ponto”.
O cantor já trabalhou com Lulu Santos e Marisa Monte e é tido como uma grande aposta da MPB.



Johnny Hooker

John Donovan nasceu em 1987 em Recife, é cantor, compositor, ator, roteirista e diretor. Seu estilo é baseado em figuras do glam rock, pop e tropicalismo e lembra muito o cantor Ney Matogrosso. Hooker lançou seu primeiro EP em 2004 intitulado “The Blink of the Whore’s Pussy”, em 2007 lançou seu segundo EP “Ultra Violence Discotheque” e em 2008 o EP “Fire”. Logo em 2011 o cantor ganhou o prêmio de “revelação” do MultiShow. Em 2014 Johnny Hooker lançou o single “Alma Sebosa” que foi super bem aceita pelo público e pelos críticos, a música também foi tema da novela global “Geração Brasil”.
Alternando entre os trabalhos de ator e cantor em 2015, Johnny lançou seu CD chamado “Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito!” que teve uma boa repercussão, a música “Amor Marginal” entrou para a trilha sonora da novela “Babilônia” o que ajudou a garantir boas posições nos charts de música. O álbum lhe rendeu o prêmio de melhor cantor na premiação da música brasileira e permitiu ao cantor participar de diversos programas para divulgar o álbum. Em Janeiro de 2016 seu CD foi eleito pela revista especializada em música Rolling Stone como um dos melhores discos do ano.


Rico Dalasam

Nascido e criado em Taboão da Serra, Jefferson Ricardo da Silva, vulgo Rico Dalassam é negro, gay e rapper. Atualmente com 25 anos, Rico já trabalhou como cabeleireiro e editor de moda, mas foi na música mais precisamente no rap que se encontrou. Em 2015 lançou seu primeiro trabalho, um EP chamando “Modo Diverso” que traz canções criadas de acordo com suas vivências como um rapper negro, gay e periférico e isso faz dele um cantor até então único no Brasil.
Em pouco mais de um ano, Rico já se apresentou em várias capitais do país e promete fazer muito barulho com seus versos que revolucionam a cena do rap nacional. Recentemente ele lançou seu novo single “Esse close eu dei” do primeiro CD intitulado “Orgunga” que será lançado em breve.


Tiago Iorc

Tiago Iorczeski nasceu em 1985 em Brasília, mudou-se algumas vezes, mas acabou fazendo faculdade de música e publicidade e propaganda em Curitiba. Tiago ganhou notoriedade com seus covers, as músicas entraram na trilha sonora de algumas novelas. Em 2008, o cantor lançou seu primeiro disco “Let Yourself In” que também foi lançado no Japão e fez bastante sucesso por lá, tendo rendido prêmios. Até então compondo apenas em inglês, em 2011 Tiago lançou seu segundo CD “Umbilical” que também foi lançado em países como Coreia do Sul, Portugal, Estados Unidos e Japão.
Já em 2013, Tiago lançou seu terceiro álbum “Zeski” que já contou com músicas em português e teve participações de artistas como “Maria Gadu” e “Silva”. Em 2015 seu quarto álbum chamado “Troco Likes” foi lançado. O CD conta com músicas como “Coisa linda”, “Amei te ver” e “Alexandria”. Atualmente o cantor está em turnê para a divulgação do disco. 

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. SOS só conheço o Tiago Iorc x.x obrigada pelas dicas!

    Beijão!
    Isa | http://isabellalessa.com

    ResponderExcluir

Image Map
TECNOLOGIA BLOGGER - DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO HEART IDEAS