7 verdades sobre moda plus size

Reprodução Internet

Moda plus size é um mercado que não para de crescer

Segundo a Associação Brasil Plus Size (ABPS) o segmento de moda plus size para homens e mulheres no Brasil avançou mais de 21% nos últimos três anos.

O vestuário plus size ainda é um mercado pouco explorado da moda e especialmente no Brasil parece mais atrasado que em outros lugares do mundo.

Mesmo com a crise devido a pandemia levando diversos setores econômicos a perdas, inclusive o setor da moda, o mercado da moda plus size cresceu 10% em 2020 quando comparado a 2019.

O mercado de moda plus size está em evolução e atualmente movimenta pelo menos R$ 5 bilhões por ano e a expectativa é de crescimento.

Os tamanhos plus size quase nunca são pra todo mundo

Reprodução Internet

Por mais que o mercado de moda plus size esteja crescendo ainda falta muito e uma das grandes demandas do consumidor plus size é em relação a pouca variedade de tamanhos.

Depois do tamanho 50 é perceptível como as peças plus size acabam não tendo a mesma variedade de opções, cores e melhores designs que as peças menores.

Especialmente depois do tamanho 54 a situação piora porque além da falta de opções de roupas plus size bonitas e atraentes o que sobra são roupas básicas, sem corte e de qualidade ruim.

Além disso a falta de padronização dos tamanhos plus size torna a experiência de compra dessas roupas confusa deixando os consumidores frustrados pela dificuldade de acertar no tamanho quando compram pela internet.

Você vai gostar: Moda sustentável e pessoas gordas

Existe preconceito até dentro do meio

7 verdades sobre moda plus size
Reprodução Internet

Há que ache que dentro das bolhas da moda plus size ou de movimentos como o body positive é tudo paz e amor, mas não é bem assim.

Infelizmente existem comportamentos preconceituosos até dentro do meio, especialmente no mercado da moda plus.

Não é raro ouvir histórias de modelos que foram tratadas mal em sets, modelos plus size e negras que recebem menos e pegam trabalhos menores e até mesmo modelos plus size que precisam emagrecer para determinado trabalho.

Preconceitos com pessoas gordas maiores também é bastante explícito especialmente quando percebemos que raramente essas pessoas estão em catálogos ou campanhas de moda.

Apesar da moda plus size feminina crescer cada vez mais a masculina fica para trás

7 verdades sobre moda plus size
Reprodução Internet

A moda plus size de forma geral avança cada vez mais na medida que o mercado percebe que esse nicho é muito grande e existem diversas oportunidades para explorar.

Mas é fato que a moda para mulheres gordas definitivamente está bem mais avançada e diversa do que a moda para homens gordos sendo possível encontrar roupas com informação de moda feminina enquanto na moda masculina plus ainda é difícil encontrar peças que saiam de estampas básicas.

Por outro lado também é fato que mulheres gordas sempre tomaram frente nas pautas de moda plus size, mas homens também precisam comprar a briga pela moda plus size, especialmente para que parem de enxergar o consumidor plus size masculino como alguém que só deseja encontrar uma roupa que caiba quando na verdade também queremos uma moda com estilo.

Você vai gostar: Dicas de moda para homens gordos

Modelos gordos são agora o que modelos negros foram no passado

7 verdades sobre moda plus size
Desfile Savage x Fenty – Reprodução Internet

A moda sempre foi algo muito distante para pessoas gordas, especialmente a possibilidade de ver corpos maiores nas revistas, ensaios ou passarelas.

A diversidade na moda ainda é algo muito novo para corpos fora do padrão, ou seja, corpos que não sejam brancos e magros.

A própria inclusão de pessoas negras na moda ainda é algo bastante discutido atualmente, tendo recentemente casos de racismo expostos por modelos, além de ser necessário que exista cota para modelos negros ou indígenas na São Paulo Fashion Week.

Mas antes de tudo isso era bastante comum que as marcas desfilassem suas coleções com apenas um ou dois modelos negros o que atualmente é a situação de modelos plus size.

Apesar de algumas modelos conseguirem se destacar no mercado da moda como Ashley Graham nos EUA ou como a Rita Carreira no Brasil ainda é bem raro que desfiles de moda apresentem modelos plus size de forma natural e não apenas como uma diversidade forçada.

Marcas como a LAB Fantasma do rapper Emicida e a Savage x Fenty da Rihanna são alguns dos exemplos de sucesso quando falamos de diversidade na moda. Não coincidentemente são marcas idealizadas por pessoas negras.

A gordofobia é a grande responsável pela falta de mais lojas plus size físicas

A moda plus size faz parte de um mercado bilionário, mas porque existem tão poucas opções de lojas físicas?

Segundo a presidente da Associação Brasileira Plus Size, Marcela Elizabeth em matéria para o Estado de Minas o lojista tem vários receios para investir em tamanhos maiores, como perder os clientes que já possui ou ficar conhecido como “dono de loja para gordo”.

Exemplos como os citados acima faz com que as chances de encontrar lojas físicas que ofereçam moda plus size sejam bem menores, mesmo com pelo menos 54% da população brasileira estando com sobrepeso segundo o Ministério da Saúde.

Aos poucos as principais lojas de fast fashion no Brasil estão aderindo a moda plus size, mas mesmo assim grande parte do vestuário grande dessas lojas estão disponíveis apenas no e-commerce dessas lojas.

O preconceito contra pessoas gordas gera prejuízo para todos.

A grande maioria das dicas de moda são baseadas em esconder o corpo gordo

A moda plus size está em evidência e por isso os vídeos e matérias relacionadas a dicas de moda plus size aumentaram bastante.

O problema é que a maioria delas ainda é baseada em achismos desatualizados de que a grande intenção por trás das dicas de moda para pessoas gordas é esconder ou pelo menos disfarçar o corpo gordo.

O que você mais encontra ao pesquisar dicas de estilo para gordos são coisas como “use preto e cores escuras para disfarçar a barriga” ou “aposte em linhas verticais para alongar o corpo” chegando a “sempre use sobreposição para disfarçar as gordurinhas extras”.

Percebe que não são dicas de moda e estilo, mas sim dicas para parecer mais magro?

É claro que você pode procurar por dicas de como disfarçar algumas partes do corpo ou como evidenciar outras, mas a realidade é que pessoas gordas que procuram por dicas de moda estão atrás de dicas de moda e quem produz esse conteúdo precisa entender isso.

Para conteúdos de sobre moda plus size no instagram, siga @temmeutamanho

Tags: |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.