o que causa espinhas
como se livrar da acne

Nesta postagem você vai descobrir tudo sobre espinhas, como: o que causa espinhas, o que é espinha, como evitar espinhas no corpo e como se livrar delas.

Antes de mais nada é importante dizer que caso você esteja com muitas espinhas e elas estejam inflamadas é necessário que você procure um médico especializado para que ele te ofereça o tratamento correto. Ok?

É importante ressaltar que ter espinhas não é o fim do mundo e adivinha? É normal!!! A grande maioria das pessoas tem ou ainda vai ter espinhas. Por isso, não deixe que elas abalem sua autoestima.

De acordo com o Ministério da Saúde, 80% dos jovens entre 15 e 25 anos são afetados pela acne e que pelo menos 30% dos adultos também.

O que é uma espinha

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a espinha é uma condição de pele que ocorre quando os folículos capilares são obstruídos por óleo e células mortas da pele.

As espinhas aparecem com mais frequência em locais do corpo como face, costas, ombros e peito. Em um nível celular, elas se formam da mesma maneira, que podem ser por fatores como:

  • Células mortas presas dentro dos poros
  • Superprodução de sebo (óleo natural do corpo que hidrata a pele) que pode entupir os poros
  • Bactérias que crescem no excesso de óleo e levam a espinha
  • O acúmulo dos três fatores acima levando os glóbulos brancos a reagirem e fazendo com o que o local de todo esse acúmulo inflame.

O que causa espinhas

o que causa espinhas

Nem todas as espinhas são iguais. Elas podem ser causadas por inflamação, infecção ou obstrução das glândulas sebáceas. E podem aparecer no seu corpo por vários motivos como genética, má alimentação e puberdade.

Além desses fatores existem vários outros hábitos e comportamentos que podem causar espinha. Segundo essa matéria da Abril sobre tratamentos para pele com acne, existem fatores de risco que causam espinhas como:

  • Puberdade
  • Período Menstrual
  • Síndrome dos ovários policísticos
  • Distúrbios de tireoide
  • Estresse crônico
  • Medicamentos como os corticoides
  • Exposição exageradas ao sol
  • Transpiração em excesso
  • Uso de creme faciais inadequados
  • Predisposição genética

Quais alimentos causam espinhas

Segundo o site Tua saúde os alimentos que causam espinhas são os alimentos ricos em açúcar e gordura, como:

  • chocolate
  • carnes gordurosas
  • frituras
  • embutidos
  • fast food
  • comida pronta e congelada
  • excesso de pães, salgados, biscoitos, doces, leite e derivados.

A explicação é que uma alimentação com muita gordura e carboidratos como farinhas, pães e biscoitos fazem com que as glândulas sebáceas produzam mais sebo e os poros tendem a ficar mais entupidos facilmente.

Por outro lado, existem alimentos que ajudam a diminuir as espinhas, como:

  • Grãos integrais
  • Ômega 3
  • Sementes
  • Carnes magras
  • Vitamina A
  • Vitamina C e E

Além do uso de cosméticos para evitar espinhas, ter uma boa alimentação, beber bastante água e praticar atividade física diariamente também ajuda no controle da acne.

Como tratar espinhas

espinha em jovens

Existem muitas pessoas que consideram a acne “coisa de idade” e que esperam que ela desapareça de forma espontânea. Isso está errado!

É importante que você trate suas espinhas o mais precocemente possível para evitar consequências estéticas na sua pele (como cicatrizes e manchas), mas também para preservar sua saúde (ela pode infeccionar e inflamar).

Em hipótese alguma tente espremer ou manipular uma espinha.

Quando se trata de uma espinha moderada ou mais leve, geralmente o tratamento pode ser feito com produtos que existem no mercado e que são encontrados em farmácias e lojas de cosméticos, como sabonetes ou cremes e loções. Um dermatologista também pode indicar ácidos para te ajudar a eliminar as espinhas e também medicamentos via oral para conter as bactérias.

Em casos mais graves em que há inflamação ou pús e que as tentativas anteriores não tenham sido suficientes, você deverá procurar um médico para que ele avalie um tratamento adequado para o seu caso.

Melhor que tratar é prevenir! Confira algumas dicas de prevenção de espinhas:

  • Mantenha sempre a higiene da pele com sabonetes ou produtos indicados para pele acneica ou oleosa
  • Mas não limpe a pele exageradamente, pois pode causar irritação e piorar as lesões
  • Evite cosméticos que aumentem a oleosidade na pele
  • Evite tocar o rosto desnecessariamente
  • Não descanse a mão no rosto enquanto você lê, estuda ou vê televisão
  • Evite o sol
  • Tente manter os cabelos longe da face

Como foi dito, é importante que você consulte um médico e siga as orientações dele.

Como clarear machas de espinhas

como tratar e clarear espinhas

Espremer cravos e espinhas pode fazer com que a pele fique manchada e até com cicatrizes, por isso é recomendado nunca espremer espinhas.

Mas caso você já tenha espremido e ficado com manchas na pele é possível clarear essas manchas e fazer com que elas sumam gradativamente.

Entre os tratamentos para clarear a pele estão: esfoliação e hidratação, uso de produto clareadores e tratamentos estéticos.

A esfoliação da pele vai ajudar a remover as células mortas e preparar sua pele para receber os produtos que você vai usar em seguida. Existem infinitas receitas de esfoliação de pele caseira, o site Green Me tem uma postagem com 4 receitas naturais e simples de esfoliação caseira.

O uso de produtos para clarear a pele requer a ajuda de uma profissional dermatologista, afinal você não vai sair aplicando qualquer ácido no seu corpo né? Geralmente os ácidos mais usados para este fim são: ácido kógico, ácido glicólico, ácido retinóide e hidroquinona. O site Beleza e Saúde tem uma postagem completa sobre quais são os melhores ácidos para clarear a pele, vale a leitura.

Seu médico também pode indicar tratamentos estéticos para melhorar o tom da sua pele. Geralmente são mais caros, mas também oferecem melhores resultados e melhor: em pouco tempo. Existem diversas opções como o peeling químico, peeling de cristal, laser ou luz pulsada, entre outros. Veja essa postagem do site Tua Saúde sobre as diversas opções de tratamentos para clarear a pele.

Curtiu o post? Ajude o blog deixando um comentário e compartilhando essa postagens nas redes sociais. É rápido!

Share: