5 respostas sobre o câncer de mama masculino

homem com câncer de mama

O câncer é uma doença que atinge homens e mulheres de todas as idades e quanto mais cedo for diagnosticado maiores são as chances de cura. Especialmente no mês de Outubro existe uma campanha especial de conscientização do câncer de mama que é conhecida como “Outubro Rosa” e apesar do foco estar nas mulheres é importante lembrar que mesmo sendo raro, homens também podem desenvolvem câncer na mama.

A seguir 5 repostas para as perguntas mais comuns relacionadas ao câncer de mama masculino:

Qual a chance de homens terem câncer de mama?

O câncer de mama em homens é raro e acomete menos de 1% das pessoas que tem câncer de mama.

O que causa câncer de mama em homens?

Segundo o “CDC – Center for Desease Control and Prevention” existem vários fatores que podem aumentar a chance de um homem ter câncer de mama. Lembrando que ter fatores de risco não significa que você terá câncer de mama.

São eles:

Ficar mais velho – O risco de câncer de mama aumenta com a idade. A maioria deles é encontrada após os 50 anos.

Mutações genéticas – Mudanças herdadas em certos genes, como BRCA1 e BRCA2, aumentam o risco de câncer de mama.

Histórico familiar – O risco de câncer de mama em um homem é maior se um parente próximo já teve câncer de mama.

Tratamento de radioterapia – Homens que já fizeram radioterapia no tórax tem maior risco de desenvolver câncer de mama.

Tratamento de terapia hormonal – Medicamentos contendo estrogênio aumentam o risco de câncer de mama nos homens.

Síndrome de Klinefelter – Condição genética rara em que um homem tem um cromossomo X extra. Isso faz com que o corpo produza níveis mais altos de estrogênio e níveis mais baixos de andrógenos.

Condições que afetam os testículos – Lesões, inchaço ou cirurgia para remover os testículos podem aumentar o risco de câncer de mama.

Doença hepática – A cirrose do fígado pode diminuir os níveis de androgênio e aumentar os níveis de estrogênio nos homens, aumentos o risco de câncer de mama.

Sobrepeso e obesidade – Homens mais velhos com obesidade têm maior risco de desenvolver câncer de mama.

Quais os sintomas do câncer de mama em homens?

Segundo o IMEB os sintomas do câncer mama nos homens são parecidos com os sintomas do câncer de mama nas mulheres e devem ser observados com o mesmo cuidado, como na imagem abaixo:

sintomas do câncer de mama nos homens

Ainda segundo o CDC os sintomas mais comuns do câncer de mama em homens são:

  • Caroço ou inchaço na mama
  • Vermelhidão ou pele escamosa no peito
  • Irritação ou ondulação da pele da mama
  • Secreção mamilar
  • Contração do mamilo ou dor na área do mamilo

Lembrando que esses sintomas podem ocorrer com outras doenças que não seja propriamente câncer. Se você tiver algum desses sintomas procure um médico.

Você vai gostar: 5 exercícios físicos fáceis até demais para fazer em casa

Qual médico cuida da mama masculina?

O médico especialista no tema é o mastologista.

Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia o Mastologia é a especialidade médica que estuda, previne, diagnostica e trata as doenças, alterações congênitas e adquiridas nas mamas ou a elas relacionadas.

Como é o tratamento do câncer de mama masculino?

Existem diferentes tipos de tratamento para homens com câncer de mama. Cinco tipos de tratamentos padrão são usados para tratar homens com câncer de mama:

Cirurgia – A cirurgia para homens com câncer de mama é geralmente uma mastectomia que pode ser radical modificada onde corre a remoção da mama e alguns gânglios linfáticos ou conservadora que remove o câncer, mas não a mama em si.

Quimioterapia – Tratamento contra o câncer que usa drogas para interromper o crescimentos das células cancerosas, seja matando as células ou impedindo sua divisão. É administrada via oral ou injetada em uma veia ou músculo, os medicamentos entram na corrente sanguínea e podem atingir as células cancerosas em todo o corpo.

Terapia hormonal – É um tratamento contra o câncer que remove os hormônios ou bloqueia sua ação e impede o crescimento das células cancerosas. Existem vários tipos de terapias hormonais que serão administradas de acordo com o tipo de câncer apresentado.

Radioterapia – É um tratamento contra o câncer que usa raios-x de alta energia ou outros tipos de radiação para matas as células cancerosas ou impedir que cresçam.

Terapia direcionada – É um tipo de tratamento que usa drogas ou outras substâncias para identificar e atacar células cancerosas específicas.

câncer de mama masculino

3 mitos sobre o câncer de mama

Antitranspirantes e desodorantes NÃO contribuem para o aparecimento do câncer de mama. Não se sabe onde surgiu essa boato, mas nenhum estudo comprovou que o uso de produtos seja roll on, pray ou aerosol favoreçam o desenvolvimento do câncer.

Fazer mamografia ou a irradiação do exame mamográfico NÃO provoca câncer. Muito pelo contrário, esses exames são importantes aliados para a identificação precoce do câncer de mama, especialmente em mulheres.

Fatores de risco apesar de contribuírem para o desenvolvimento de doenças NÃO determinam se uma pessoa terá ou não a doença. Uma grande parte das pessoas que têm câncer de mama podem não ter nenhum fator de risco. É importante conhecer seu corpo para perceber caso algo esteja diferente.

Gostou do post? O câncer de mama em homens é raro, mas pode acontecer! Compartilhe essa postagem nas redes sociais para espalhar a informação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *